05/08/2013 - Ata da quarta reunião do GT de Construção e Disseminação da APH

05/08/2013

Quarta reunião do GT de Construção e Disseminação da APH
19h30 – 21h30 / Viaduto Santa Tereza

*7 participantes
*Pauta: fechar primeira parte da construção dos princípios, iniciar debate sobre próximos objetivos e da frente de ação do GT
*Metodologia: Dialogo livre

1- Discutimos mais um pouco dos princípios e chegamos a conclusão de que já temos um material para pontapé inicial. A ideia é lançar na wiki os princípios que levantamos e suas descrições e deixar pra geral da assembleia debater e a coisa evoluir em construção conjunta. OBS: a redação inicial esta no final da relatoria.

2 - Foi organizado espontaneamente um grupo (GA - Grupo de Ação) que buscou listar e contactar diretoras de escolas públicas para apresentar a proposta da APH aos estudantes secundaristas. Pela necessidade da iniciativa discutimos como prioridade essa questão. Questionamos se ela deveria estar junto ao GT de Educação ou no GT de Construção e Disseminação da APH. Percebemos que não deve ser subordinado a nenhum Grupo ou Comissão, mas que deveria ser articulado àqueles que mais estiver conectados, como é o caso dos citados acima. Determinou-se criar um grupo no facebook para organizar as pessoas e acompanhar a próxima reunião do GT de Educacao.

3 - Discutimos a necessidade de termos pontos comuns que visem orientar a estrutura dos GTs da APH, para que eles possam ser acessíveis, transparentes e produtivos. Colocou-se pela necessidade de um texto de apresentação de cada um na Wiki, histórico de atividades e agenda.

4 - Discutimos a necessidade de reestruturação da Comissão de Comunicação tendo em vista que seus integrantes se encontram sobrecarregados e sobre atarefados, destacando a importância de se trabalhar aspectos da comunicação em conjunto com os GTs, os seguintes:
4.1 - Dentro de cada GT haveria uma função de comunicação, sendo alguém responsável por ir em uma reunião geral da comunicação dos GTs para trocar informações e nos atualizarmos sobre cada atividade, proporcionando melhor transversalidade (comunicação)
4.2 - Ainda, haveria em cada GT alguém ou algum grupo responsável por elaborar estratégias de negociação/desenvolvimento da pauta na esfera política, garantindo que a discussão estará madura para ser apresentada ao prefeito/secretario/presidente… (negociação)
4.3 Finalmente, em cada GT haveria uma frente responsável pela articulação da pauta na esfera nacional, buscando unificar a nossa luta e força.

ANEXO - Redação inicial dos princípios para ser levada a discussão e reformulação, se necessário:

1) Horizontalidade – Espaço sem hierarquização, onde todos tem a liberdade de se expressar, o direito de falar e o mesmo peso para decidir.
2) Popular - Canal aberto e de busca ativa das diversas vozes que compõem toda a sociedade. Disseminar, facilitar e permitir acesso a todos e ter o apoio desses.
3) Não sectarismo - Respeito a particularidade de cada um, sem impor ideologias e sem qualquer tipo de intolerância. Estamos juntos para buscar algo uno entre nos. O modo de vida, ideologia, ou orientação de qualquer natureza da própria pessoa não deve ser problematizado. Não ha de se questionar, portanto se a pessoa eh preta, branca, rica, pobre, maior, menor, louco ou são, mas tão somente as ideias expostas e ações propostas e/ou realizadas. As ideias e ações são passiveis de serem dissolvidas e recusadas, as pessoas não.
4) Não estigmatizacao - Não julgar e não rotular as pessoas a partir de quaisquer tipos de categorizações.
5) Autonomia dos GTs - Os GTs são instrumentos da APH, e sua autonomia emana dela; os GTs tem liberdade de intervenção (atos, aulões, seminários, etc) e de discussão, mas não de reivindicação.
6) Experimental - Processo continuo e dinâmico de construção e experimentação. Os princípios, meios (métodos) e fins (reivindicações e objetivos) estão sempre abertos à mudança. A APH é um processo autocrítico continuo e não um fim em si mesmo.
7) Buscar o consenso – Amplo debate que busque decisões e deliberações que contemplem a todas as visões expostas, sendo possível, em caso de propostas mutuamente excludentes, consensuar a necessidade da abertura de um processo de votação.
Proatividade - Ter iniciativa para fazer com que os processos e propostas aconteçam e/ou se desenvolvam
9) Transparência - Não só o produto é divulgado, mas também o processo para se chegar nele; de forma a assegurar a ampla divulgação dos mesmos, através de diferentes meios de comunicação.
10) Concretização/ eficiência/ produtividade - Atingir resultados
11) Funcionamento em rede - Estrutura em teia de elos de pessoas e grupos que se conectam em fluxo horizontal. Esses elos demandam e são demandados mutuamente por informações, conhecimentos, interesses e esforços em busca de objetivos comuns

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License