09 CARTA PÚBLICA GT EDUCAÇÃO

Viemos, por meio desta nota, esclarecer o posicionamento do GT de Educação frente às denuncias e práticas abusivas ocorridas na última ocupação.

Diariamente nos vemos expostos às mais diversas situações de intolerância e desrespeito.
O GT de Educação, construído a partir da Assembleia Popular Horizontal, busca levantar debates e problematizar a educação e os sistemas que a envolvem e a violência sexista é mais um desses gigantes contra quem iremos lutar.

Ressaltamos nossa INDIGNAÇÃO e REPÚDIO às ações de violência cometidas na última ocupação e destacamos que NÃO HÁ ESPAÇO PARA O MACHISMO, HOMOFOBIA, RACISMO ou qualquer manifestação preconceituosa e violenta que contribuam para impedir nossos debates em busca de novas perspectivas sociais.

Nossa luta é pela educação, pela formação humana e construção de um espaço livre para manifestação, sem opressão e preconceito.

Machistas não passarão!

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License