Governo de Minas aproveita oferta da união para transporte coletivo e inclui 7,8 bi para obras de auto-pistas
investimento-minas-mobilidade.jpg

Em resposta às manifestações populares de junho deste ano, o governo federal anunciou um orçamento de 50 bi destinados a estados e municípios para investimento em transporte coletivo. O governo de Minas e a prefeitura de Belo Horizonte apresentaram suas propostas em reunião no Ministério de Planejamento no último dia 09/julho. No entanto, os velhos hábitos permanecem: o governo de Minas tenta encaixar 7,8 bi em obras para a construção de auto-pistas e viadutos nesta rubrica. Como comparação, este valor é 2,6 vezes superior ao orçamento previsto para a antiga promessa de expansão do metrô para Barreiro, Contagem e Savassi.

Obra Valor
rodoanel norte 4,0 bi1
revitalização do anel rodoviário 1,7 bi
sistema viário do vetor norte 1,1 bi
rodoanel leste 0,7 bi
melhorias viárias na av Cristiano Machado 0,2 bi
Total 7,8 bi

Os detalhes da proposta foram divulgados no site oficial do governo de Estado, mesclando obras de rodovias e auto-pistas entre projetos de metrô, trens metropolitanos e BRTs:
Governo de Minas apresenta ao Governo Federal projetos para a mobilidade urbana na RMBH

Na mesma oportunidade, a prefeitura de Belo Horizonte propôs projetos de 2,9 bilhões, dos quais 600 milhões seriam para um novo BRT na av. Amazonas. O destino dos outros 2,3 bilhões não foi divulgado.

04 de agosto de 2013

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License